Casagrande pode decretar lockdown no ES

De acordo com fontes ligadas ao Palácio Anchieta e ao Ministério Público, o lockdown também não seria adotado imediatamente. A medida extrema está sendo preparada para ser implantada assim que a taxa de ocupação hospitalar alcance os 91% – segundo o Painel Covid-19, do governo do Estado, a taxa de ocupação nas UTIs em hospitais públicos já está em 84,59%.  Em Conceição da Barra, segundo Boletim publicado pela Secretaria Municipal de Saúde, já são 81 casos notificados, sendo 25 casos confirmados da Covid-19, 10 casos suspeitos,, 46 casos descartados, oito pacientes curados, três hospitalizados e uma pessoa morreu. 

Coronavírus: a família de vírus que causou a pandemia de COVID-19

Se a ocupação dos leitos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no Espírito Santo ultrapassar os 90%, várias cidades que hoje estão no risco alto deverão entrar na categoria risco extremo. Isso significa que as medidas de isolamento serão mais duras, o chamado lockdown. As informações foram dadas em coletiva no final da tarde desta quarta-feira (10), pelo governador Renato Casagrande, que se curou da Covid-19, final de maio, juntamente com  a sua mulher, a primeira-dama, Maria Virgínia Casagrande.

Governador do ES testa negativo para coronavírus: 'Impossível ...
“Queremos evitar uma tragédia”, disse o governador do Estado, Renato Casagrande

Segundo ele, a matriz de risco é guiada não apenas pelo número de mortes e infectados, mas também pela vulnerabilidade do sistema de saúde. Quanto mais leitos ocupados, maior a possibilidade de a matriz ser alterada.

As regras para risco extremo foram definida nesta semana, principalmente por conta da ocupação de leitos, que já chegou aos 84%. “Após os 80%, todas as cidades são consideradas de risco moderado ou alto. E hoje, temos 36 cidades em risco alto e 42 no moderado. Se passarmos dos 90%, teremos vários municípios do risco alto que serão incluídos no risco extremo”, disse Casagrande.

Segundo o comandante geral do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo, coronel Cerqueira, em caso de a classificação do município for de risco extremo, os cidadãos poderão sair de casa em dias alternados, de acordo com o número final do CPF e a fiscalização será de forma randômica. “Temos tanto agentes estaduais quanto municipais trabalhando de forma integrada na fiscalização. E quem não tem autorização de sair no dia, deve se programar para o dia seguinte. Em uma situação de emergência, a pessoa poderá sair de casa. Mas as tarefas que podem ser programadas, deverão ser. É uma questão de organização das saídas”.

Veja as regras:

Fonte: Aqui Notícias

O que fazer em caso de suspeita de Coronavírus | Comunicação ...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: