Contra o Covid-19, supermercado em Conceição da Barra adota Decreto Estadual e só permite entrada na loja se consumidor estiver de máscara

Medida está prevista em Portaria publicada no Diário Oficial dos Poderes do Estado, de acordo com Decretos Estaduais 4.632-R, de 16 de abril, e 4.616 R de 30 de março de 2020, para municípios que apresentam risco baixo de contaminação. Para o secretário municipal de Saúde, Thiago Magela, avalia que essa ação é bastante adequada para o momento. Disse ainda que o município só está aguardando a encomenda de máscaras que serão distribuídas à população, para então regulamentar essa medida através de Decreto Municipal, que valerá para todo o comércio. O presidente da Associação de Turismo (Atur) de Conceição da Barra, Ronan Malacarne também aprovou a ideia e disse que sugeriu essa medida durante reunião com diversos órgãos, na Prefeitura.

 

20200502_092953-1

Quem foi à loja do Supermercado Casagrande em Conceição da Barra, neste sábado (02/05) para fazer compras, mas esqueceu de usar máscara, com certeza voltou para casa com as mãos vazias. Desde quinta-feira (30/04), a gerência do supermercado já vinha orientando aos consumidores dessa medida, que passou a vigorar a partir de agora. Sem máscara, nenhum consumidor pode entrar na loja para fazer compras.

Essa medida, que já foi adotada em diversas partes do país, está amparada em Portaria publicada no Diário Oficial dos Poderes do Estado, de acordo com Decretos Estaduais 4.632-R, de 16 de abril, e 4.616 R de 30 de março de 2020. Os decretos rezam que estabelecimentos comerciais em municípios que apresentam baixo risco de contaminação pelo Covid-19, têm a obrigação de adotar o uso de máscaras para funcionários e clientes, com risco de sofrer penalidades.

Até o momento, o município de Conceição da Barra continua fora da área de risco pelo Coronavírus, mesmo já tendo sido registrados alguns casos suspeitos, mas que foram descartados, conforme boletim atualizado no dia 30 de abril e divulgado pela  Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde.

img-20200502-wa0011

O secretário municipal de Saúde, Thiago Magela disse que a ação do supermercado é louvável e bastante adequada para esse momento crítico que todos estão enfrentando. Afirmou ainda que essa medida só não foi aplicada no município, através de Decreto, porque a administração ainda não adquiriu máscaras em quantidade suficiente para distribuir à população.

20200320_080145
Secretário municipal de Saúde – Geraldo Magela  disse que a ação do supermercado é louvável

Thiago Magela garantiu  que assim que adquirir as máscaras, será publicado um  decreto onde todos terão que utilizar o material para entrar em qualquer estabelecimento comercial ou bancário da cidade. Por outro lado, o secretário sugeriu que, por enquanto, o próprio supermercado poderia distribuir máscaras aos consumidores, já que partiu dele a iniciativa de proibir que as pessoas entrem na loja para fazer compras, se não estiverem com máscaras.

Já o empresário e presidente da Associação de Turismo de Conceição da Barra (Atur), Ronan Malacarne, que estava fazendo compras no supermercado,  aplaudiu a iniciativa da administração do Casagrande e disse que havia sugerido essa ideia para todos os segmentos empresariais e financeiros do município.

20200502_095045
Ronan Malacarne – “É uma iniciativa importante que pode evitar  maior risco de contaminação”

“São ações que podem evitar e prevenir contra um surto do Covid-19 e outras epidemias na nossa região. E isso corre o risco de acontecer, se ninguém atentar para o perigo que estamos enfrentando. Aí sim, todo o comércio pode ser fechado. Então, antes que isso aconteça, temos que nos prevenir e observar todas as condutas de higiene pessoal, uso de máscaras, distanciamento adequado e só sair de casa o mínimo necessário”, destacou Malacarne.

O gerente do supermercado Casagrande, em Conceição da Barra, Deyvid Rodrigues de Souza afirmou que adotou essa medida baseado na precaução e cuidado com os funcionários e clientes que frequentam a loja, além da preocupação com o aumento de contaminações pelo Covid-19 no Estado. “Exigimos o uso de máscaras entre os consumidores no interior da loja, amparado pela Portaria publicada no Diário Oficial  dos Poderes do Estado, a partir de Decretos Estaduais 4.616-R, de 30/03 e 4.632-R, de 16/04, respectivamente. Essa medida será boa para todos”, comentou.

2020-05-02_12.37.16
Gerente do Casagrande – Deyvid Rodrigues – “É necessário que cada um faça a sua parte, nessa luta contra o Covid-19

O gerente entende a dificuldade de algumas pessoas a aceitarem a máscara inicialmente, até pelo desconforto que ela causa nos primeiros dias de uso. Mas afirma é necessário. “Estamos fazendo a nossa parte, com orientação a respeito de aglomeração e distanciamento entre os consumidores, principalmente nas filas. Agora contamos com a colaboração de todos, para que cada um faça a sua parte e todos sejam protegidos contra essa pandemia que vem causando mortes e problemas de toda ordem no mundo todo. Vamos ficar atentos e nos proteger”, orientou o gerente do Casagrande.

Número do Covid-19 no Estado é preocupante e registra 93 mortes até o último dia 30

Enquanto o município de Conceição da Barra sustenta uma certa tranquilidade em relação à pandemia causada pelo Covid-19, em outros municípios do Estado a situação é diferente, em particular na Grande Vitória (Vila Velha e Cariacica). Até o último boletim publicado pela Secretaria Estadual de Saúde (SESA) na quinta-feira (30), o Espírito Santo contabilizava 2, 688 casos e 93 mortes por Covid-19. Do total de contaminados, pelos menos 868 casos são de profissionais da área da saúde que estão na linha de frente no combate à doença e principal grupo de risco.

Em relação aos números divulgados nesta quarta-feira (29), o aumento é de 150 casos e nove mortes. Os dados foram atualizados pela Sesa na plataforma Painel Covid-19, nesta quinta-feira (30). Vila Velha continua com a maior concentração dos casos confirmados.

Mas nem tudo se resume em péssimas notícias. Até o momento, 849 pessoas já foram  curadas e 12.969 testes foram feitos. O sistema usado pelo Espírito Santo para atualizar os números, entretanto, também contabiliza pacientes residentes em outros estados que fizeram a testagem em cidades capixabas.

Fonte: Sesa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: